05/10/2015 - 10h08 - Atualizado em 05/10/2015 - 10h09

Pedro Sampaio encerra participação no Campeonato Europeu

Pedro Sampaio foi o único representante brasileiro e disputou as oito provas

Fonte: Mundo Press

Mesmo após queda na etapa final, no circuito de Nevers Magny-Cours, brasileiro tem saldo positivo na temporada de estreia pela classe SuperStock 600

Pedro Sampaio (28) na corrida do circuito de Nevers Magny-Cours, etapa final do Campeonato Europeu de SuperStock 600 2015 - Crédito: Jaromir Havranek

Pedro Sampaio encerrou neste sábado a participação no Campeonato Europeu de SuperStock 600, que faz parte da programação do Campeonato Mundial de Superbike da FIM (Federação Internacional de Motociclismo). Mesmo após queda na etapa final, que o impediu de completar a corrida no circuito francês de Nevers Magny-Cours, o piloto de 17 anos teve saldo positivo na temporada de estreia.

Pedro Sampaio foi o único representante brasileiro e disputou as oito provas do calendário 2015. O gaúcho encarou grid de alto nível técnico no Europeu, com média de 40 competidores, e teve a sua melhor participação na penúltima etapa, na pista espanhola de Jerez de la Frontera (22º lugar). Em 2013 e 2014, Sampaio foi campeão brasileiro entre as motos de 250cc e vice da 600cc, além de bicampeão gaúcho da 600cc. “O que não conquistei de títulos na temporada 2015 eu ganhei de aprendizado no Europeu”, resumiu. Ele representou o Team Brazil by ASPI e competiu a bordo da motocicleta Yamaha YZF-R6.

Pedro Sampaio (28) na corrida do circuito de Nevers Magny-Cours, etapa final do Campeonato Europeu de SuperStock 600 2015 - Crédito: Jaromir Havranek

“Foi ótimo, adquiri bastante experiência e estou muito contente com o saldo da temporada de estreia. Tudo foi novidade e tive que superar dificuldades para aprender sobre os circuitos, a motocicleta, os pneus e o acerto do equipamento, que é bem diferente na Europa. Todo o sofrimento valeu a pena e espero estar novamente no campeonato no ano que vem, para aplicar o que aprendi e fazer um ano mais forte. Sei que tenho condições”, continuou Sampaio.

Na etapa em Nevers Magny-Cours, a forte chuva que caiu nas horas anteriores mudou completamente o cenário da disputa, que contou com treinos livres e cronometrado em piso seco. Dos 36 pilotos que compuseram o grid, 14 não cruzaram a linha de chegada. Sampaio largou na 27ª posição.

Pedro Sampaio (28) na corrida do circuito de Nevers Magny-Cours, etapa final do Campeonato Europeu de SuperStock 600 2015 - Crédito: Jaromir Havranek

“Fiz uma largada muito boa, ganhei três ou quatro posições, mas caí na primeira volta. Ainda não entendi o que aconteceu, porque estava no vácuo dos pilotos, na mesma velocidade, mas na terceira curva a traseira da moto escapou e me jogou para cima. Felizmente não me machuquei muito. O chassi da moto não sofreu muitos danos, foi mais na carenagem e no guidão, que caiu, então não tive como voltar para a corrida”, relatou o brasileiro.

O vencedor da etapa francesa foi o espanhol Augusto Fernandez, sendo que o turco Toprak Razgatlioglu comemorou o título da categoria SuperStock 600. Sampaio desembarca no Brasil no próximo dia 9, para acompanhar o Salão Duas Rodas durante o final de semana em São Paulo (SP). Em seguida, ele retorna a Bento Gonçalves (RS). “Vou disputar no mínimo mais duas corridas em 2015, a sétima etapa do Moto 1000 GP (válido como Campeonato Brasileiro, dia 25 de outubro em Santa Cruz do Sul-RS) e a final do GP Gaúcho de Motovelocidade (22 de novembro em Rivera, Uruguai)”, antecipou.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

esportes,20 Nov