18/04/2017 - 12h04 - Atualizado em 18/04/2017 - 12h52

''É evidente que o rei da MotoGP é Valentino Rossi''

O responsável máximo pelo Mundial faz um balanço dos quinze primeiros anos da classe rainha

Mela Chércoles - motor.as.com

Dorna, a empresa promotora do Mundial, assumiu o comando em 1992, e a partir de 1999 pôs em marcha um plano de elevar o campeonato a outra dimensão. Copnta Carmelo Ezpeleta que quem lhe deu a ideia foi Sito Pons, e passava por renopvar o formato da classe rainha. Foi assim que se passou das 50cc para a MotoGP, para motos de 1.000cc 4 tempos que levam já quinze anos nas pítas. Ezpeleta falou sobre esta prodigiosa década e meia para o motojornalista Mela Chercoles, do jornal espanhol AS, na semana passada.

Avaliação geral: "A avaliação é boa. Temos passado por diferentes fases. A primeira foi a chegada, e recordo que a princípio diziam que no final do segundo ano as MotoGP poderiam ganhar corridas da 2 tempos, mas as 500 não ganharam mais nenhuma corrida. Estiveram a ponto de fazê-lo em Sachsenring 2002, e eu teria gostado que o fizessem ao menos uma vez, mas Barros e Jacque caíram no final da reta. As MotoGP derrubaram muitíssimos mitos, que serviram para que entendêssemos que sempre há que se ter vontade de melhorar".

Oposição à mudança: "Houve gente muito prestigiada que estava contra as MotoGP. Valentino (Rossi) estava contra no princípio, mas se você não arrisca as coisas não acontecem. Foi um risco fazer essa mudança, poderíamos ter feito pão no lugar de tortas, mas tudo saiu bem. Passei muito tempo dando voltas no projeto. Se derrubaram mitos como que as 2 T eram umas motos brutais, e ainda hoje há hente que continua pensando assim, mas os tempos de uma 500 em Jerez são igualados hoje pelas Moto2 com motores de 600cc derivados de série".

Maior segurança: "Quando se introduziu o controle de tração, houve gente que grito u para o céu, mas eu tinha uma clara preferência por menosespetáculo a ter menos coxos no paddock. Tinha as coisas muito claras, porque as quatro fábricas japonesas entraram  e no ano seguinte entraram Ducati e Aprilia. Toda essas gente não poderia estar equivocada. São os pilotos que marcam a linha de onde se  pode chegar e ninguém me diga que estas moto são fáceis de pilotar. "Todos esses pilotos iriam andar a pleno com uma 500 e alguns daqueles que as pilotavam não seria capazes dedar tudo com estas".

A ideia e seu desenvolvimento: "A primeira pessoa que me falou dessa possibilidade foi Sito Pons. Em seguida, a exploramos com  as marcas e fomos bem recebidos. Nós conversamos com a Associação de Fabricantes de Grand Prix, que era o que hoje é a MSMA (a Associação das fábricas) e eles disseram sim. Dissemos-lhes que eles fariam o regulamento e isso custou muito, porque eles estavam sempre brigando. No final, eles vieram com um regulamento que aceitamos em quase 100 por cento e em seguida ele foi evoluindo. Começamos a trabalhar em 1999 e a MotoGP foi lançada em 2002".

A corrida das corridas: "foi muito boa a do Estoril 2006, com Elias, Roberts e Rossi e com tudo que aconteceu nela (Pedrosa tirou  Hayden e colocou o Mundo em suspense). Também foi boa a de Sete e Rossi em Sachsenring (2003), com aquele final em que Sete surpreendeu Rossi. Foi muito boa a de Rossi, Biaggi e Capirossi em Mugello. E as de Montmeló 2009, Austrália 2015 e a da bandeira para bandeira de Phillip Island em 2013, a da bandeira preta para Márquez com a confusão da Bridgestone, não  porque tenha sido uma corrida excepcional, mas não poderiam passar mais coisas do que passaram. De qualquer forma, se eu tiver que destacar uma, destaco a do Estoril 2006 ".

O rei da MotoGP:  "É evidente que o rei de MotoGP é Rossi, porque em 15 anos ele  ganhou seis títulos e somou outro na 500. E não vale nada para mim que digam de quem ele ganhou, porque ele ganhou de alguns caras que eram muito rápidos. Alguém pode dizer que Sete ou Barros não  andavam depressa?"

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

Classificação,

    PILOTO PONTUAÇÃO
    1 Marc Marquez 129
    2 Maverick Viñales 124
    3 Andrea Dovizioso 123
    VEJA TABELA COMPLETA

esportes,22 Nov