30/05/2017 - 10h57 - Atualizado em 30/05/2017 - 11h05

Prévia Oficial do GP da Itália

"Mais do que uma simples corrida: isto é Mugello"

Fonte: MotoGP

Aninhado nas colinas da Toscana, perto da jóia italiana de Florença, a beleza natural do Autódromo de Mugello é um espetáculo deslumbrante por si só. Embalado por hordas de fãs quando a MotoGP ™- e Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP) - chegam na cidade, o circuito e o evento são uma das verdadeiras maravilhas do campeonato. Mais do que um fim-de-semana de corrida, Mugello é quase um festival para celebrar a velocidade, a competição e o motociclismo.

O paddock não estará correndo só por 25 pontos no Grande Premio Oakley d'Italia, eles estarão correndo por mais do que ganhar em suas mentes. Após a trágica e recente perda da lenda da MotoGP ™ Nicky Hayden, neste fim-de-semana a MotoGP ™ irá correr para Nicky. A ética do trabalho, paixão e compromisso com as corridas levaram Hayden de Kentucky para o Campeonato Mundial de MotoGP ™ serão o objetivo de cada piloto em cada grid, para celebrar a vida de uma das melhores figuras de sempre que passaram pelo paddock e pelas pistas do campeonato. Um dos slogans de Hayden era "Vamos pegá-lo" (Let's catch him), e é isso que a MotoGP ™ estará lá para fazer.

Liderando o ataque em Mugello estará o herói local - no sentido mais verdadeiro da palavra. O 'Doutor' Valentino Rossi comanda uma devoção de Mugello quase invisível em qualquer outra fase da terra. O nove vezes campeão do mundo também tem uma velocidade fantástica naquele local, e chegando ao GP italiano depois de uma corrida  difícil em Le Mans, o que  pode trazer o melhor do número 46. Acelerando duramente para conter o companheiro de equipe Maverick Viñales, Rossi caiu e abandonou  na volta final - mas a distância para o topo não é insuperável e a multidão estará apoiando Rossi para buscar uma outra vitória.

Viñales, agora firme no topo da tabela por 17 pontos, será o homem que tentará detê-lo. Com um duelo verdadeiro até a linha de chegada negado no GP francês, o espanhol estará se preparando para um novo confronto  no reduto de Rossi para provar mais do que sua velocidade. O homem agora atrás de Viñales no campeonato, Dani Pedrosa (Repsol Honda Team) também tem uma vantagem para defender-mas tem mostrado um desempenho diferente até agora em 2017.

À exceção do acidente na Argentina, Pedrosa tem sistematicamente julgado de maneira adequada os limites de cada corrida. De uma vitória impressionante em Jerez a uma carga de P13 na grid até opódio em Le Mans, o "Bebê Samurai" tem ido mcada vez elhor desde  uma pré-temporada abaixo do radar.  Com temperaturas mais quentes como as de Jerez esperadas em Mugello,  e com pistas onde ele tem um dos melhores registros d grid chegando, Pedrosa pode estar confiante para o GP italiano, bem como confiante em concentrar-se na consistência. O companheiro Márquez é o piloto que precisa reagir depois de um abandono na França.

O número 93 teve sua primeira vitória no Mundial em Mugello, no campeonato das 125, e venceu a corrida de 2014  na MotoGP ™. Duelando-lo pela  vitória no ano passado com Jorge Lorenzo, Márquez mostrou o seu ritmo mais uma vez, e estará à procura de pontos este ano para mover-se de volta para o topo do campeonato, ansioso para evitar repetir seus erros de 2015.

O homem que ganhou no ano passado, Jorge Lorenzo (Ducati Team), tem sido o primeiro ou o segundo no circuito italiano em todas as temporadas desde o seu segundo ano no MotoGP ™- e a maioria deles foram de vitória. Agora enfrentando um desafio diferente em uma máquina diferente, Mugello é uma pista que poderia ver o "espartano" de volta à luta frontal depois de um difícil domingo em Le Mans. Mugello é um bom lugar para adicionar mais um pouco de glória à sua viagem em vermelho após o pódio em Jerez. E o pessoal da casa estará aplaudindo a moto de fábrica de Borgo Panigale, incentivando tanto Lorenzo quanto o companheiro de equipe Andrea Dovizioso, dando as máquinas vermelhas um apoio ainda maior para outro impressionante fim de semana de corrida em casa.

O apoio italiano não pára por aí. Andrea Iannone (Team Suzuki Ecstar) somou bons pontos na França e será acelerando forte em Mugello, uma pista que o já presenciou seus melhores espetáculos, e Danilo Petrucci (Octo Pramac Racing) também irá correr em casa. Cal Crutchlow (LCR Honda) é uma constante ameaça entre as equipes independentes e mira para o pódio, e Johann Zarco (Monster Yamaha Tech 3) é mais um que quer escrever o seu nome nessa lista depois de obter o seu primeiro pódio na MotoGP ™  na França após um desempenho  deslumbrante para ser o segundo.

Na Aprilia Racing Team Gresini, Aleix Espargaró e Sam Lowes também estarão olhando para sua bandeira em casa, porque a fábrica Noale realizou testes positivos em Barcelona na  sempre em evolução RS-GP, e seus companheiros concorrentes na estrada para o progresso, a Red Bull KTM Racing Factory busca obter outras vagas no Q2 e somar mais pontos depois de colocar direto no treino decisivo tanto com Pol Espargaró e Bradley Smith na última etapa.

O pelotão está próximo, o local é espetacular e a multidão é  como nenhuma outra. Com tantos pilotos no pódio e disputas pela vitória até agora em 2017, o show  certamente  será memorável. Neste fim de semana a MotoGP ™ vai competir por 25 pontos como em todas as corridas, porém mais ainda para Nicky Hayden, numa das mais belas etapas do planeta.

Acelera, Kentucky Kid. Vamos pegá-lo.

Classificação da MotoGP:

  1. Maverick Viñales (SPA - Yamaha) 85 pontos
  2. Dani Pedrosa (SPA - Honda) 68
  3. Valentino Rossi (ITA - Yamaha) 62
  4. Marc Márquez (SPA - Honda) 58
  5. Johann Zarco (FRA - Yamaha) 55

A tabela completa do MotoGP você confere clicando aqui.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

Classificação,

    PILOTO PONTUAÇÃO
    1 Marc Marquez 129
    2 Maverick Viñales 124
    3 Andrea Dovizioso 123
    VEJA TABELA COMPLETA

esportes,22 Nov