19/07/2016 - 10h23 - Atualizado em 19/07/2016 - 10h23

4ª etapa da SuperBike e os resultados de todas as categorias

Muita adrenalina e lindos pegas, marcar a 4º etapa

Fonte: SuperBike Brasil

Resultado Copa Kawasaki Ninja 600

Foto: Johanes Duarte

Bolinha vence a 4ª etapa da Copa Kawasaki Ninja 600

Disputa acirradíssima na 4ª etapa da Copa Kawasaki Ninja 600, realizada na tarde deste domingo (17) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O resultado da corrida foi definido somente nos instantes finais eFelipe Diniz “Bolinha” (#121), da equipe MotoSchool Racing Team, acabou futurando o lugar mais alto do pódio.

Bolinha começou bem a disputa desta etapa, a penúltima da temporada 2016 a ser realizada na capital paulista. O piloto foi o mais rápido nas sessões classificatórias e garantiu a pole position para a corrida deste domingo. Na prova, as coisas não foram tão fáceis. Bolinha foi perseguido de perto por Bruno Rodrigues (#30), da equipe Tecfil Racing Team, e por Rogério Munuera (#88), da Boi Motos Racing. Os três disputaram a liderança e o resultado final ficou apenas para a última volta. O piloto da equipe MotoSchool Racing Team levou a melhor e cruzou a linha de chegada à frente. Já Bruno Rodrigues garantiu a vice-liderança e Munuera o terceiro lugar.

Seguindo a ordem dos primeiros colocados, a quarta posição foi para Samara Andrade (#74), piloto da equipe Moretti Racing Team. Samara – que costuma figurar entre os ponteiros – sofreu uma queda nos últimos dias durante um Track Day e precisou correr com uma moto emprestada. E completando o pódio, Junior Américo de Oliveira (#60), da equipe Viana Racing, encerrou a prova na quinta posição.

Na disputa da Copa Kawasaki Ninja 600 Master, o vencedor foi Valter Rubino (#65), da equipe Misano Racing Team. Ricardo Garrido (#63), da Tecfil Racing Team, ficou logo atrás e terminou a corrida em segundo.

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

Resultado Yamaha R3 Cup

Foto: divulgação

Santin vence a 3ª etapa da Yamaha R3 Cup disputada em Interlagos

Marciano Santin (#9), da equipe Santin Racing, fez uma corrida constante e venceu a 3ª etapa da Yamaha R3 Cup, prova realizada no final da tarde deste domingo (17) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O piloto – consideravelmente mais rápido que os adversários – não encontrou dificuldades para dominar a prova e sustentar a liderança até receber bandeira quadriculada.

O piloto da equipe Santin Racing já começou acelerando forte nos treinos classificatórios desta etapa, que teve por novidade ser a primeira com formação de grid único – nas corridas anteriores, os pilotos da Yamaha R3 Cup disputavam juntamente com a categoria SuperStreet. Marciano Santin garantiu a pole e, durante prova, em nenhum momento correu o risco de perder a posição. O piloto largou bem e, gradativamente, ampliou a vantagem sobre os adversários. Na volta final, essa diferença chegava a 13 segundos. Santin cruzou a linha de chegada na frente e comemorou a primeira vitória na temporada.

Já nas posições seguintes a disputa foi mais acirrada. Os pilotos Hebert Pereira (#201), Rafael Gomes Traldi (#128), da Motonil Motors, e Niko Ramos (#822), da Tecfil Racing Team, formaram um pelotão e disputaram posições entre si até a volta final. Os três entraram praticamente lado a lado para receber a bandeirada. Hebert levou a melhor e faturou a vice-liderança da corrida. Traldi ficou com a terceira posição e Niko Ramos encerrou a etapa em quarto.

E completando o pódio da categoria, Luciano Vieira (#370), da equipe Penélope Racing, obteve a quinta colocação logo atrás do pelotão.

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

Resultado SuperBike Light

Dazzi faz uma corrida sem imprevistos e vence a 4ª etapa da SuperBike Light

Rodrigo Calmon Dazzi (#146), da equipe Giro Moto, não encontrou dificuldades para vencer a 4ª etapa da SuperBike Light, prova realizada na tarde deste domingo (17) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Atual líder do campeonato, o piloto capixaba obteve um ótimo rendimento nesta rodada do SuperBike Brasil. Dazzi dominou os treinos e cravou sua primeira pole position do ano.

Na corrida, o piloto da equipe Giro Moto não encontrou nenhuma grande dificuldade. Dazzi largou bem e, já nas primeiras voltas, impôs seu ritmo intenso, quando começou a abrir vantagem sobre os adversários. Em nenhum momento o então líder correu risco de perder a posição. Sempre fechando marcas na casa do 1m44, Dazzi entrou na última volta com uma margem tranquila de sete segundos para o adversário mais próximo. Sem imprevistos, o piloto venceu mais uma etapa e já se consolida como um dos favoritos ao título da temporada 2016.

Enquanto isso, Fábio Martins (#12), da equipe Albatroz System, fez uma ótima corrida. O piloto largou em 13º no geral e somou diversas ultrapassagens ao longo da prova. Na penúltima volta, deixou para trás Marcos Migliorelli (#11), da Everson Racing, para então faturar a vice-liderança.

Já Migliorelli, perdeu desempenho nos momentos finais da corrida. O piloto capixaba, que figurou entre os ponteiros por toda a prova, acabou sendo vencido por Dimitris Katsouropoulou (#131), da equipe Tecfil Racing Team, e por Felipe Comerlatto (#186), da Pro Racing Team. Com isso, recebeu a bandeirada apenas na quinta posição, atrás dos dois adversários – Dimitris em terceiro e Comerlatto em quarto.

Pela categoria SuperBike Light Master, o vencedor foi Marcos Ramalho (#9), da equipe Pitico Race Team. Logo atrás do ponteiro, a segunda posição ficou com Antonio Telvio (#5). Em seguida, Célio A. Campagnolo (#613), da equipe Para Race Team, faturou o terceiro lugar, à frente de Sérgio Castillo (#14), da Viana Racing, em quarto, e de Sergio H. Hidani (#135), da Misano Racing, em quinto.

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

Resultado SuperSport

Foto: divulgação

Eric Granado é o mais rápido e chega à sua segunda vitória na SuperSport

Eric Granado (#51), da equipe Granado Sport Team, fez uma corrida exemplar e venceu com bastante facilidade a 4ª etapa da SuperSport, prova disputada na tarde deste domingo (17) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. O piloto – uma das maiores feras do motociclismo nacional – voou baixo e não deu a menor chance aos adversários.

O final de semana foi o melhor possível para Eric Granado. O piloto andou muito rápido em Interlagos e cravou a marca de 1m39s290 ainda na disputa das sessões livres. Nas classificatórias, garantiu a primeira colocação no grid alcançando um ótimo desempenho mesmo com a pista molhada. Já na corrida, Eric Granado repetiu os bons resultados e dominou de ponta a ponta a prova.

Logo na largada, o piloto já se distanciou dos demais adversários. O único que conseguiu acompanhar, mais ou menos, de perto foi o uruguaio Maximiliano Gerardo (#41), da equipe Motonil Motors. Apesar disso, a vantagem de Eric Granado só aumentava conforme o andamento da corrida. Na volta final, chegou a incríveis 19 segundos. Com isso, Eric Granado cruzou a linha de chegado em primeiro e faturou a segunda vitória na temporada.

Na sequência, Maximiliano Gerardo ficou com a segunda posição logo à frente de Lucas Bittencourt (#202), da Paulinho SuperBikes, que recebeu a bandeira quadriculada em terceiro. O atual campeão da categoria, Matheus de Oliveira Dias (#70), da Motom, foi o quarto colocado seguido pelo até então líder do campeonato, Pedro Sampaio (#28), da Tecfil Racing Team, na quinta posição.

A história de Pedro Sampaio nessa etapa foi impressionante. O piloto largou em último após sua moto quebrar o motor nas sessões classificatórias. Assim, Sampaio partiu para uma corrida de absoluta recuperação. Na oitava volta, ele já havia ultrapassado mais de 40 adversários e ocupava a sétima posição. O piloto da Tecfil Racing Team conseguiu ainda vencer Luiz Cerciari (#3), da Cerciari Racing School, e, na volta final, tomar a posição de Alex Schultz (#22), da Dynel’s Racing Team.

Já pela categoria SuperSport Pro Amador, o vencedor foi Marcio Ferreira Bortolini (#37), da equipe Granado Sport Team. A vice-liderança ficou com Cristiano Aquino Nogueira (#26), da MCW Racing Team, seguido por Diego Viveiros (#231), da Tecfil Racing Team, em terceiro. Logo em seguida, Rafael Dadario (#86), da Viana Racing, foi o quarto a cruzar a linha de chegada, com Leandro Ramos Esposito (#32), da Pitico Race Team, em quinto, completando o pódio da categoria.

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

Resultado categoria SuperBike

Faustino larga dos boxes para vencer a 4ª etapa da SuperBike

O desempenho de Diego Faustino (#68), da equipe Honda Mobil, na 4ª etapa da SuperBike foi digna de um filme de superação. O piloto londrinense largou dos boxes e acelerou forte para garantir sua primeira vitória na temporada 2016 somente nos instantes finais da corrida. E por falar em emoções, a prova disputada na tarde deste domingo (17) no Autódromo de Interlagos contou com um importante incidente na pista.

Logo no início da quarta volta, diversos pilotos – provavelmente devido a presença de óleo na pista – acabaram passando reto na primeira perna da curva do Esse do Senna. Maico Teixeira (#36), da equipe Honda, e Sebastiano Zerbo (#81), da BMW Motorrad Alex Barros Racing, foram os primeiros a cair e a colidirem com maior força contra a barreira de proteção – porém, mesmo sem retornar à corrida, os dois passam bem.

Com o reinício da prova e, consequentemente, com uma nova largada, Faustino deu continuidade à missão de ganhar posições. Rapidamente passou de oitavo para quinto, quando, então, colou na traseira de Marco Solorza (#55), da equipe JC Racing Team. Os dois já vinham de um acidente na etapa passada, quando Faustino foi derrubado pelo argentino na última volta e teve que adiar seu objetivo de alcançar a primeira vitória na temporada. Porém, desta vez, a atual campeão passou o adversário com certa facilidade e, em seguida, começou a perseguir os ponteiros.

Este roteiro ganhou contornos épicos quando Faustino chegou à vice-liderança ao ultrapassar José Luiz “Cachorrão” (#51), da Honda, e Wesley Gutierrez (#134), da Kawasaki Racing Team. Agora, restando apenas uma volta, o piloto partiu pra cima do líder do campeonato Danilo Lewis (#17), da Tecfil Racing Team. Faustino chegou a conseguir, temporariamente, a posição, mas levou o ‘xis’ em seguida. A disputa ficou mais intensa e os dois entraram lado a lado na reta final. Porém, este domingo era mesmo o dia de Faustino. O piloto cruzou a linha de chegada à frente, com uma vantagem de apenas quatro centésimos.

Com isso, Lewis, que vinha de três vitórias consecutivas, desta vez levou o segundo lugar. Cachorrão ficou em terceiro logo à frente de Wesley Gutierrez em quarto. E completando o pódio, Diego Pretel (#88), da equipe BMW Motorrad Alex Barros Racing, conseguiu ultrapassar Solorza na volta final e ficar com a quinta posição.

Pela categoria SuperBike Pro Amador, Alex Borges (#44), da equipe Pitico Race Team, foi o vencedor. A segunda posição ficou com Fábio Nallin (#47), da Misano Racing Team, seguido por Jeferson Marchesin Friche (#6), da HG Motos Racing, em terceiro e por Fabricio de Castro (#75), da BH Racing, em quarto. Já o quinto lugar seguiu para Daniel Toloni (#3), da Misano Racing Team.

Enquanto isso, pela SuperBike Pro Estreante a vitória foi para com Juracy Rodrigues “Black” (#560), da equipe Black Day Racing Team. Luciano Pokemon (#77), da Pkm Racing, ficou com a segunda posição, seguido por Davi Lara Costa (#12) em terceiro.

Já na SuperBike Master – categoria com pilotos acima de 45 anos –, Jirios Semaan Abboud (#100), da BH Racing, levou a melhor e faturou mais uma vitória. Elson Tenebra Otero (#2), da Suzuki/Econs/Best Riders, ficou logo atrás e encerrou a corrida em segundo.

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

Resultado Copa Kawasaki Ninja 300

Paganelli comemora mais uma vitória na 4ª etapa da Copa Ninja 300

Com um misto de técnica e sorte, Sandro Paganelli (#64), da equipe Paganelli Racing, levou a melhor e venceu a 4ª etapa da Copa Kawasaki Ninja 300, realizada no início da tarde deste domingo (17) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Indefinida até a volta final, a prova foi marcada por uma intensa disputa pela ponta e abandonos indesejados.

Paganelli largou em terceiro e, já nas primeiras voltas, passou a integrar o pelotão de elite formado por Indiana Muñoz Gomes (#199), da equipe Castrol Racing, e Bruno Cesar Borges (#51), da Gilberto Motos, que disparou na frente dos demais adversários. Fechando consecutivas voltas rápidas, os três pilotos revezavam a liderança ao longo da prova.

Porém, a corrida contou com um inesperado e indesejado ingrediente: o abandono. A primeira vítima foi Bruno. Na sexta volta, o piloto enfrentou problemas mecânicos com sua moto – perdeu o freio – e teve que deixar a corrida. A partir de então, a disputa pela liderança seguiu apenas entre Paganelli e Indy. Os dois vinham muito à frente dos demais adversários e, inevitavelmente, a vitória ficaria com um dos dois. Foi quando, já na última volta, uma pequena escorregada da roda dianteira tirou Indy Muñoz da corrida. A piloto até tentou retornar à pista, após levantar a moto, porém, o motor apagou. Sem mais adversários, Paganelli cruzou sozinho a linha de chegada para comemorar mais uma vitória no campeonato.

Com os sucessivos abandonos, Fábio Jandaia (#10), da equipe Motocar Racing, acabou herdando a segunda posição no pódio. Na sequência, dois pilotos da Light receberam a bandeirada. Bruno Ribeiro (#169), da equipe Rota Baús, foi o terceiro colocado no geral seguido por Gilmar Ferreira Barbosa (#45), da Paulinho SuperBikes, em quarto. Retornando a categoria principal, o terceiro lugar foi para Kaywan Freire (#36), da equipe Kaka Fumaça/Wesley Testa, seguido por Willians Sales Piui (#111), da Fastkids, em quarto, e por Fernando Santos (#234), da Tecfil Racing Team, em quinto.

Na categoria Copa Kawasaki Ninja 300 Light, o vencedor foi Bruno Ribeiro. Gilmar Barbosa garantiu a vice-liderança e ficou à frente do atual líder Jeferson Souza (#707), da Tecfil Racing Team, terceiro. Bervaldo Carolino (#2), da Tecfil Racing Team, levou a quarta posição e Kleber Santos (#213), da Girão Racing, garantiu o quinto lugar no pódio.

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

esportes,21 Nov