26/06/2017 - 10h11 - Atualizado em 26/06/2017 - 10h17

Somando competência e sorte, Jean Ramos vence a segunda etapa do Arena Cross em Criciúma

Com disputas de tirar o fôlego, piloto brasileiro vence na somatória e segue líder do campeonato

Fonte: Arena Cross

A segunda etapa do Arena Cross agitou Criciúma. Foto: Victor Silva - Arena Cross

Como diz a escrita, todo grande campeão precisa alinhar competência à sorte. Foi exatamente assim que a segunda etapa do Arena Cross 2017 na Cidade de Criciúma-SC se desenhou para Jean Ramos #1 (Yamaha/Geração). Pilotando bem e contando com a sorte, o piloto paranaense conseguiu vencer o duelo 1x1 e a segunda bateria da noite na categoria PRO. Na somatória da noite, o líder do campeonato ampliou sua vantagem em busca do segundo título.

1º Bateria

A noite parecia ser lusitana. Largando de maneira brilhante e se garantindo após as primeiras curvas, Paulo Alberto #211 (Honda Racing) liderou a primeira bateria da categoria PRO de ponta a ponta. A vitória veio com certa tranquilidade, já que em nenhum momento sofreu com ameaças dos adversários, e com gosto especial para a equipe, já que a dobradinha ficou garantida com a segunda colocação de Hector Assunção #30 (Honda Racing). Após grande prova de recuperação, o atual campeão Jean Ramos (Yamaha/Geração) acabou na terceira colocação, seguido por Adam Chatfield #470 (Dunas/Honda) e Marcelo Lima #5 (Kawasaki/EMG).

2ª Bateria

Sobrou emoção na disputa da segunda bateria da noite. Largando bem, o britânico Adam Chatfield #470 (Dunas/Honda) assumiu a ponta da prova e lá permaneceu até o bote certeiro de Jean Ramos #1 (Yamaha/Geração), que também durou pouco na ponta, já que foi superado por Paulo Alberto #211 (Honda Racing). A partir da ultrapassagem, os dois travaram grandes disputas até que o português sofreu com uma queda. A partir disso, a vitória se desenhou de maneira tranquila para Jean Ramos, que acabou seguido de perto pelo venezuelano Humberto Martin #101 (Rota K - Reganhão Racing/Kawasaki), na segunda colocação e Adam Chatfield #470 em terceiro. Hector Assunção #30 (Honda Racing) acabou em quarto e Dudu Lima #2 (Kawasaki/EMG) em quinto.

Jean Ramos vence a somatória da etapa de Criciúma. Foto: Victor Silva - Arena Cross

Classificação após as duas provas:

1º Jean Ramos #1 - Yamaha/Geração

2º Hector Assunção #30 - Honda Racing Brasil

3º Paulo Alberto #211 - Honda Racing Brasil

4º Adam Chatfield #407 - Dunas/Honda

5º Humberto Martin #101 - Rota K - Reganhão Racing/Kawasaki

6º Dudu Lima #2 - Kawasaki/EMG

7º Jetro Salazar #920 - Escuderia X/Honda

8º Marcello Lima #5 - Kawasaki/EMG

9º Caio Lopes #134 - Rota K - Reganhão Racing/Kawasaki

10º Thales Villardi #27 – Subs27/Husqvarna

11º Fábio Santos #4 - Yamaha/Geração

12º Leandro Pará #958 - Escuderia X/Honda

13º Lucas Dunka #934 - Escuderia X/Honda

14º João Pedro Ribeiro #282 - Ipiranga/Honda

Classificação do Campeonato após duas etapas – PRO

1º Jean Ramos #1 - Yamaha/Geração – 59 pontos

2º Adam Chatfield #407 - Dunas/Honda – 41 pontos

3º Hector Assunção #30 - Honda Racing Brasil – 41 pontos

4º Paulo Alberto #211 - Honda Racing Brasil – 40 pontos

5º Jetro Salazar #920 - Escuderia X/Honda – 36 pontos

6º Humberto Martin #101 - Rota K - Reganhão Racing/Kawasaki – 34 pontos

7º Marcello Lima #5 - Kawasaki/EMG – 28 pontos

8º Dudu Lima #2 - Kawasaki/EMG – 27 pontos

9º Lucas Dunka #934 - Escuderia X/Honda – 21 pontos

10º Caio Lopes #134 - Rota K - Reganhão Racing/Kawasaki – 18 pontos

11º Fábio Santos #4 - Yamaha/Geração – 14 pontos

12º João Pedro Ribeiro #282 - Ipiranga/Honda – 12 pontos

13º Leandro Pará #958 - Escuderia X/Honda – 10 pontos

14º Thales Villardi #27 – Subs27/Husqvarna – 9 pontos

15º Mattis Karro #91 – Honda/Racing – 2 pontos

Duelo 1x1

Tudo caminhava bem para o português Paulo Alberto #211 (Honda Racing) no duelo contra o brasileiro Jean Ramos #1 (Yamaha/Geração). Largando bem e sem dar chances, Alberto fez duas voltas perfeitas no duelo. Exceto pela última curva, quando em um movimento errado, deixou a vitória escapar. Bastou a Jean Ramos cruzar a linha de chegada na frente e garantir mais dois pontos na competição. Paulo Alberto ganhou apenas um ponto pela segunda colocação.

Duelo 1x1 Ídolos

Mais uma noite de festa entre os ídolos do motocross Rafael Ramos #6 representando o Brasil e Gene Fireball #1 representando os Estados Unidos. A disputa fica de lado perto do show que ambos oferecem aos torcedores. Dentro das pistas, mais uma vez deu Brasil. Fireball até liderou boa parte da disputa, mas um tombo na metade da segunda volta fez com que Rafael fizesse a ultrapassagem e vencesse a disputa.

50cc

Como já era de se esperar, o domínio do pequeno prodígio Rafael Becker #7 foi do início ao fim. Ele, que não sabe o que é perder em uma prova do Arena Cross há muito tempo foi novamente soberano e sem dar chances para os adversários. A vitória veio de maneira tranquila, com Bernardo Tibúrcio #3 em segundo e Lucas da Silva #17 na terceira colocação.

Classificação da prova - 50cc

1º Rafael Becker #7 - 20 pontos

2º Bernardo Tibúrcio #3 – 17 pontos

3º Lucas da Silva #17 - 15 pontos

4º Francisco Emílio #6 - 13 pontos

5º Luiz Henrique Tapari #158 - 11 pontos

6º Nikolas Tapari #22 - 10 pontos

Não classificados na prova (não completaram 75% da prova)

7º Arthur Duarte #65

8º Giovana Duarte #128 - 0 pontos

9º Artur Miranda #210 – 0 pontos

Campeonato 50cc

1º Rafael Becker #7 - 40 pontos

2º Lucas da Silva #17 - 30 pontos

3º Luiz Henrique Tapari #158 - 24 pontos

4º Bernardo Tibúrcio #3 – 17 pontos

5º Felipe Marques #160 – 17 pontos

6º Francisco Emílio #6 - 13 pontos

7º Nikolas Tapari #22 - 10 pontos

8º Giovana Duarte #128 - 0 pontos

9º Artur Miranda #210 – 0 pontos

10º Arthur Duarte #65 – 0 pontos

11º Renato Cobucci #50 – 0 pontos

12º Matheus Lima #515 – 0 pontos

13º Breno Baltazar #222 – 0 pontos

14º Eduardo de Araújo #77 – 0 pontos

Rafael Becker faturou a categoria 50cc. Foto: Victor Silva - Arena Cross

Esta foi a primeira vez que o Arena Cross desembarcou em Criciúma-SC e a grandiosidade do evento foi motivo de alegria para o prefeito municipal. “Estamos realizados e muito satisfeitos. É um evento grandioso e está inteiramente integrado à nossa ideia de investimentos em cultura, lazer e esportes. Nossa cidade tratou o Arena Cross como ele merecia e a parceria foi um enorme sucesso”, comentou Clésio Salvaro.

Para o organizador do evento, a satisfação de mais uma etapa cumprida com sucesso foi total. “Muito feliz por tudo ter dado certo. Trouxemos um evento grandioso para Criciúma e sempre somos muito bem recebidos pelo povo catarinense. Deixamos nossa marca e a forma como todos os ingressos foram esgotados confirma o fato de que Santa Catarina ama o motocross”, explicou.

Como acontece em todas as etapas, o Arena Cross promove uma grande ação social de arrecadação de alimentos, que são trocados por entradas. Na etapa de Criciúma, mais de 10 toneladas de alimentos foram arrecadados e serão repassados para o Fundo Social de Solidariedade do município, que posteriormente organizará a entrega dos mesmos.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

esportes,22 Nov