25/07/2016 - 10h17 - Atualizado em 25/07/2016 - 10h18

Sacramento Racing conquista primeiros títulos de 2016 na CACC

A corrida teve uma hora mais uma volta de duração

Fonte: Mundo Press

Equipe fatura taças na competição de cross country com Vinícius Calafati (vencedor da geral e da classe XC2), Nielsen Bueno (XC4) e Caipira (XC6)

Nielsen Bueno, piloto e chefe de equipe da Sacramento Racing - Crédito: Janjão Santiago/Mundo Press

Após três etapas, a Sacramento Racing foi a grande campeã da CACC, a Copa Adrenatrilha de Cross Country. A decisão teve como palco a Pista do Nagao, em Mogi das Cruzes (SP), neste domingo (24), e os pilotos da equipe comemoraram os primeiros títulos da temporada 2016 a bordo das motocicletas KTM. Vinícius Calafati foi o mais rápido, cravando vitória na classificação geral e na categoria XC2. Invicto, Nielsen Bueno faturou a taça da XC4 – Over 35. Na classe XC6 – Over 50, Washington Silva “Caipira” virou o jogo e foi campeão com apenas um ponto de vantagem na tabela.

Nielsen Bueno, da Sacramento Racing, é campeão invicto da CACC 2016 na classe XC4 - Over 35 - Crédito: Janjão Santiago/Mundo Press

A corrida teve uma hora mais uma volta de duração. Outro piloto que fez bonito foi Washington Murilo Silva “Caipirinha”, que ficou muito próximo do título na classe XC1. Mesmo após sofrer uma queda na bateria, ele ficou a 39 segundos do primeiro colocado e confirmou o vice-campeonato. “Foi um dia muito produtivo. O segundo semestre começou e já temos três títulos para comemorar. Vamos continuar trabalhando para buscar as outras taças de 2016”, avisou o multicampeão off-road Nielsen Bueno, chefe de equipe da Sacramento Racing.

Vinicius Calafati, da Sacramento Racing, é campeão geral da CACC 2016 - Crédito: Janjão Santiago/Mundo Press

Assim como os campeões da CACC Calafati e Caipira, ele acelerou a moto KTM EXC 350. “Larguei no bolo, mas nas primeiras curvas assumi a liderança e mantive ritmo forte até o fim. Cada volta girou em torno de 16 minutos, foi um desafio bem desgastante”, continuou Bueno. Mais rápido do circuito, Calafati não teve pressão em momento algum. “Liderei do início ao fim. A maioria do percurso foi de altas velocidades, com um trecho mais travado na mata. Foi importante largar na frente, porque o clima estava seco e consegui evitar a poeira”, relatou o campeão.

Vinícius Calafati, piloto da Sacramento Racing - Crédito: Janjão Santiago/Mundo Press

Já Caipira chegou em Mogi das Cruzes na vice-liderança da XC6, com dois pontos a menos na tabela. “Foi uma prova muito dura. Larguei em terceiro mas fui buscando a cada volta, até assumir a liderança da classe. Consegui manter a posição e ainda abrir boa diferença até a linha de chegada. Na somatória final, o título veio e estou muito feliz pelo resultado e por representar a Sacramento Racing”, encerrou o veterano.

A equipe Sacramento Racing é patrocinada por KTM Sacramento, Pirelli, Alpinestars, Motul, Bell, Dafra, Edgers Racing, 100% e Start Racing.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

esportes,21 Nov