19/04/2016 - 09h52 - Atualizado em 19/04/2016 - 09h57

Gustavo Pellin representa o Brasil na etapa do Hard Enduro Series

O evento terá grande diversidade de terrenos, com trechos travados e de altas velocidades

Fonte: Mundo Press

Piloto da Sacramento Racing encara os desafios da categoria Gold no Minas Riders, em Minas Gerais, entre os dias 17 e 20 de abril

Gustavo Pellin, da Sacramento Racing, disputa etapa brasileira do Hard Enduro Series na classe Gold - Crédito: Janjão Santiago/Mundo Press

Considerado o campeonato com os obstáculos mais extremos do planeta, o Hard Enduro Series desembarca pela primeira vez no Brasil no Minas Riders, entre os dias 17 a 20 de abril, em Minas Gerais. O gaúcho Gustavo Pellin aceitou o desafio e irá representar a equipe Sacramento Racing na categoria Gold, que reúne os principais pilotos da modalidade. O evento será válido como a etapa de abertura da competição internacional.

Em quatro dias de disputas, os organizadores prometem levar pilotos e máquinas ao limite em quase 500 quilômetros de percurso, que passa por Belo Horizonte, Nova Lima, Ouro Preto e outras cidades da região. O roteiro inédito tem a assinatura de Martin Freinademetz, idealizador do Romaniacs, lendária prova romena que é referência mundial no Hard Enduro desde 2004. Na classe Gold, estarão feras como os ingleses Graham Jarvis e Paul Bolton e o espanhol Alfredo Gomez.

Gustavo Pellin, da Sacramento Racing, disputa etapa brasileira do Hard Enduro Series na classe Gold - Crédito: Janjão Santiago/Mundo Press

Pellin tem duas participações no Romaniacs no currículo, em 2013 e 2014. “Pelo que conhecemos do estilo do Freinademetz, a prova reserva muitas surpresas e obstáculos considerados impossíveis de transpor pela maioria dos pilotos. Tenho certeza de que não será nada fácil. Fui bastante incentivado a encarar a classe Gold e resolvi aceitar o desafio. O primeiro objetivo é completar, mas quem sabe consigo a chance de incomodar os gringos”, explicou.

O evento terá grande diversidade de terrenos, com trechos travados e de altas velocidades, pontos escorregadios na mata e muita pedra. Versátil e leve, a motocicleta KTM EXC 300 dois tempos é forte aliada do brasileiro no Minas Riders. “A motocicleta estará em seu terreno ideal, não é por acaso que a KTM possui domínio no Hard Enduro nos últimos anos e 90% dos pilotos utilizam motores dois tempos. É primordial competir com uma moto leve e fácil de manobrar”, concluiu Pellin.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

esportes,13 Nov