17/03/2017 - 15h38 - Atualizado em 17/03/2017 - 15h43

Brasileiro de Enduro FIM mobiliza principais equipes do motociclismo

Com novidades na disputa pelos títulos, campeonato tem início neste neste fim de semana (18 e 19) no Shopping SerrAzul, em Itupeva (SP)

Fonte: Mundo Press

Os principais pilotos e equipes do motociclismo nacional vivem as expectativas para a abertura do Brasileiro de Enduro FIM 2017. O campeonato promete fortes emoções neste fim de semana (18 e 19), no Shopping SerrAzul, em Itupeva (SP), com muitas novidades no grid.

As fábricas reforçaram o envolvimento e escalaram para a competição competidores renomados e feras internacionais. A austríaca KTM estará representada pelas equipes satélite Sacramento Racing e Orange BH. A primeira defende os títulos nacionais com os gaúchos Gustavo Pellin (E3) e Cassiano Tebaldi (Over 40), o paulista Vinícius Calafati (EJúnior) e o mineiro Nielsen Bueno (Over 35).

Já o time de Minas Gerais manteve o bicampeão da E2, o norte-americano Ian Blythe, e os jovens talentos capixabas Bruno Crivilin (E1) e Patrick Capila (EJúnior). Além disso, contratou o atual campeão da E1, o mineiro Rômulo Bottrel, para correr na classe E3.

A Honda também entra forte na briga pelos títulos e formou uma equipe oficial de fábrica, chefiada pelo multicampeão off-road Felipe Zanol. O destaque é o português Luis Oliveira (E1), que além de campeão brasileiro (em 2014) possui o vice-campeonato mundial (125cc) no currículo. Os mineiros Júlio Ferreira (E2) e Gabriel Soares “Tomate” (EJúnior), que migrou do motocross, são os outros integrantes.

A marca japonesa ainda terá equipes satélites na disputa: Zanol Team Rinaldi ASW (dos pilotos Bruno Martins na Light, Vinícius da Silva “Musa” na EJúnior e Bárbara Neves na Feminina), Motofield (Janaína Souza, atual bicampeã da classe Feminina) e a estreante Moto Litoral (Felipe Carlette na E1, Willian Tanaka na EJúnior, Diogo Andrade na Over 35 e Tiago Wernersbach e Jaime Zorzal na Light).

Outra grande novidade é a inclusão da Sherco Brasil. O time oficial da fábrica francesa disputa pela primeira vez o campeonato e traz os mineiros Ripi Galileu (E1), Ronald Santi (E2) e Rigor Rico (E3). Confira as expectativas dos chefes de equipe:

Felipe Zanol (oficial Honda e Zanol Team Rinaldi ASW) – “O objetivo é fazer uma grande temporada e representar a Honda da melhor forma, ainda mais porque a fábrica é sinônimo de vitórias no off-road. O Brasileiro de 2017 está muito interessante e promete ótima disputa entre as escuderias. Sem dúvidas a modalidade vai crescer muito esse ano.”

Campeonato tem início nos dias 18 e 19 de março / Crédito: Fred Mancini

Nielsen Bueno (Sacramento Racing) – “O campeonato promete, será uma grande batalha. Mantivemos a base da equipe do ano passado, que conquistou quatro títulos brasileiros, e estamos totalmente focados na abertura da competição, que será na base de treinamento da equipe, o Shopping SerrAzul. A modalidade tem times estruturados, ótimos pilotos e tudo para continuar em crescimento. Vamos lutar para que os títulos nacionais fiquem com os pilotos brasileiros.”

Carlos Augusto Constantino, o Guto (Orange BH) – “Fizemos mudanças na equipe para 2017, o objetivo foi preencher as ‘lacunas’ que tínhamos em algumas categorias e entrar forte na briga pelos títulos nacionais. Além de ter novos times e pilotos, o Brasileiro desse ano chama a atenção pelo calendário, que inclui as principais e mais organizadas provas da modalidade.”

Marcelo Vieira (Sherco Brasil) – “A nossa intenção é contribuir para a evolução do Enduro FIM no Brasil, e para isso contamos com o apoio total da fábrica. A temporada 2017 será de adaptação, já que é nossa estreia no campeonato, mas estamos de olho nas vitórias. O projeto é de longo prazo e certamente irá render bons frutos.”

Antônio Carlos Lima Filho, o Tatau (Moto Litoral) – “Esta é a primeira participação da concessionária capixaba Honda como equipe satélite do Brasileiro de Enduro FIM. Conseguimos fechar parcerias importantes, como o suporte da fábrica, para viabilizar o trabalho. O principal objetivo é dar projeção nacional aos jovens pilotos capixabas, queremos lapidar e desenvolver esses talentos do esporte.”

Carlos Henrique Nagao (Motofield) – “A Motofield apoia o esporte e a classe feminina com a piloto Janaína Souza. Ela é a grande favorita e esperamos que conquiste o tricampeonato brasileiro. As expectativas são grandes para a abertura do campeonato, tudo pode acontecer.”

1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2017
Local: Shopping SerrAzul (Km 72 da Rodovia dos Bandeirantes, em Itupeva - SP)

Programação
18/3 – Sábado
9h40 – Briefing com os pilotos
10h – Largada da primeira motocicleta

19/3 – Domingo
9h30 – Largada da primeira motocicleta
17h – Pódio

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

esportes,22 Nov