26/05/2017 - 10h11 - Atualizado em 26/05/2017 - 10h12

Português é o piloto a ser batido em SC na 3ª etapa do Brasileiro de Enduro FIM

Etapa promete grandes disputas neste fim de semana (27 e 28), em Biguaçu; Luís Oliveira está invicto na liderança da E1 e da Enduro GP

Fonte: Mundo Press

Português Luís Oliveira, líder do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM Crédito: Fred Mancini/Mundo Press

A terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM para motocicletas promete grandes disputas nas trilhas de Biguaçu, em Santa Catarina. O evento vale como rodada dupla e reúne as feras da modalidade neste fim de semana (27 e 28), no Centro de Treinamento Yamaha Geração. O piloto a ser batido é o português Luís Oliveira, invicto na liderança da categoria E1 e da Enduro GP, que aponta os mais rápidos da competição.

Com percurso de 43 quilômetros, a prova em solo catarinense traz terreno liso e três voltas no circuito por dia. O trajeto apresenta um Cross Teste de 5 km e dois Enduro Testes, de 2,5 km e de 3 km. “As expectativas são muito boas. Espero andar bem, sem cometer erros, e conseguir dar sequência ao trabalho”, disse o europeu da equipe Honda Racing, campeão brasileiro de 2014. “O objetivo maior é o título. Venci as etapas iniciais, mas isso não significa nada, porque o campeonato é longo e os pilotos estão em um bom nível.”

O capixaba Bruno Crivilin (Orange BH KTM) venceu a etapa de Biguaçu na temporada passada. “Estou bastante animado, vou acelerar com o objetivo de repetir o feito”, garantiu o jovem talento, que corre pela E2 e está em terceiro lugar na tabela da Enduro GP. “Desde quando comecei a disputar o campeonato, em 2014, o nível dos pilotos e das provas tem evoluído nitidamente. A temporada começou com grandes disputas e espero que desta vez um brasileiro fique na frente”, acrescentou.

Capixaba Bruno Crivilin, destaque do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM Crédito: Fred Mancini/Mundo Press

O grid terá a presença de outro estrangeiro, o norte-americano Ian Blythe (Orange BH KTM), atual bicampeão brasileiro (geral e classe E2). Após machucar o ombro e ficar fora da etapa anterior, ele está de volta e acelera pela E1. Líder da E3, o gaúcho Gustavo Pellin (Sacramento Racing KTM) é outro destaque nacional. “A região já tem solo escorregadio e há possibilidade de chuva, ou seja, estou preparado para andar no molhado. Além das grandes equipes e pilotos profissionais, o Brasileiro tem atraído cada vez mais competidores iniciantes, que têm uma grande importância para o esporte”, concluiu.

Na frente – Ao lado de Oliveira na E1, Nielsen Bueno (E35 / Sacramento Racing KTM) e Willian Palandi (EAmador / Sacramento Racing KTM) são os únicos pilotos invictos em suas categorias nas classificações do Brasileiro. Os outros líderes, além de Pellin na E3, são Júlio Ferreira (E2 / Honda Racing), Vinícius Calafati (classe EJ / Sacramento Racing KTM), Tiago Wernersbach (E4 / Moto Litoral Honda), Cassiano Tebaldi (E40 / Sacramento Racing KTM), Laurindo Filho (E45) e Luiz Carlos de Barros (E50).

O campeonato ainda realiza a disputa da classe Feminina, liderada por Bárbara Neves (Zanol Team Rinaldi ASW), cuja etapa final será realizada em setembro na região da Serra da Canastra, em Minas Gerais.

Programação* – 3ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM
Local: Centro de Treinamento Yamaha Geração, em Biguaçu (SC)

26/5 (Sexta-feira)
20h – Briefing para pilotos e equipes

27/5 (Sábado)
7h30 – Início das vistorias técnicas e abertura do parque fechado
9h – Término das vistorias técnicas e fechamento do parque fechado
10h – Largada do primeiro piloto
15h45 – Previsão de chegada do último piloto

28/5 (Domingo)
8h – Largada do primeiro piloto
16h – Previsão de chegada para o último piloto
16h30 – Cerimônia de premiação das disputas válidas pelo Campeonato Brasileiro e pelo Campeonato Catarinense.

* A programação do evento está sujeita a alterações.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

esportes,22 Nov