09/11/2015 - 11h27 - Atualizado em 09/11/2015 - 11h28

A taça do Brasileiro de Motocross 2015 está assegurada

Campano foi o vencedor da rodada em solo gaúcho, com Jean em segundo

Fonte: Yamaha Grupo Geração

Após quinta etapa, realizada neste domingo, 8, título será decidido entre os companheiros de time Carlos Campano e Jean Ramos

Jean Ramos e Carlos Campano - Crédito: Mau Haas

A Yamaha Grupo Geração já pode comemorar o título do Brasileiro de Motocross 2015 na principal categoria, a MX1. Após a quinta e penúltima etapa do campeonato, realizada neste domingo, 8, em Tapejara, Rio Grande do Sul, somente os pilotos da equipe - Carlos Campano e Jean Ramos - chegam à rodada final com chances de erguer a taça.

Campano lidera a categoria principal, MX1 - Crédito: Mau Haas

Campano foi o vencedor da rodada em solo gaúcho, com Jean em segundo. A diferença entre eles na tabela de classificação é de 16 pontos. O terceiro colocado, Paulo Alberto, está a 52 pontos pontos de Campano. E como só restam 50 pontos em disputa, é certo que o título ficará com a equipe azul.

"Estou muito feliz, apesar de não ter sido uma corrida fácil. A pista estava muito dura, com uma linha rápida apenas, era muito difícil fazer ultrapassagens. Errei na primeira bateria, mas no fim consegui recuperar e terminar em terceiro. A segunda bateria foi uma boa briga com Jean, e consegui me manter na frente e abrir um ponto a mais. Tem um pouco de vantagem agora para última etapa, mas é preciso manter o foco para ficar com o título", analisou Campano, que pode ser tricampeão brasileiro.

Jean Ramos está na vice-liderança da MX1 - Crédito: Mau Haas

"Foi um fim de semana positivo, mas saio um pouco decepcionado porque tinha a vitória da primeira bateria nas mãos, mas os braços deram uma travada, eu errei, e o Paulo (Alberto) acabou me passando. Na segunda prova, briguei bastante com o Campano. Foi justo, mas infelizmente não consegui diminuir a diferença (na classificação do campeonato). Vou trabalhar para vencer as duas corridas na última etapa para tentar sair campeão", disse Jean, que depende de um tropeço do companheiro de time para ganhar seu primeiro título na MX1.

Carlos Badiali foi o terceiro integrante da equipe a subir no pódio em Tapejara. Após seu melhor resultado nesta temporada, o venezuelano comemorou a evolução.

"Estou feliz porque conquistei meu primeiro pódio do campeonato, mesmo tendo feito um sexto na primeira bateria. Na segunda, larguei mal e consegui recuperar até o quarto. Fico contente por este resultado, e acho que agora devo trabalhar melhor as largadas para conseguir um resultado ainda mais expressivo", comentou Badiali.

A briga continua na MX2

Fábio "Moranguinho" Santos e João Ribeiro colocaram a Yamaha no pódio da categoria MX2 em Tapejara, RS. Fábio fez 2-2 nas baterias e conquistou o segundo degrau mais alto, enquanto João fez 4-5 e ficou em quarto na somatória de pontos da rodada.

"Na primeira bateria, larguei entre os cinco, mas não gosto de pista assim, de chão duro. Consegui imprimir um bom ritmo para fazer segundo, mesmo com o braço travando a partir da metade da prova. Na segunda, larguei melhor e cheguei no segundo lugar. Pensei em não arriscar mais porque não estava bem adaptado à pista e poderia cair se tentasse buscar o primeiro", comenta Fabinho, que ocupa a quinta colocação no campeonato, a 46 pontos do líder (ainda tem chance matemática de conquistar o título).

"Larguei muito mal na primeira bateria, mas recuperei rápido... cheguei em quarto e vi que os três ponteiros tinha aberto muita vantagem, então não valia a pena me desgastar para buscar. Me guardei pra segunda corrida, larguei em oitavo, ataquei e caí, fiquei tonto... achei meu ritmo de novo e acabei na quinta colocação. Pensando em tudo que aconteceu, acho que foi um resultado bom", analisa João Ribeiro, terceiro colocado no campeonato, a 42 pontos do líder.

Thiago Brenner brilha na Júnior

Thiago Brenner foi o melhor piloto da equipe na categoria para atletas de até 15 anos de idade. O catarinense terminou em terceiro neste domingo, em Tapejara.

"Estou bastante feliz com o resultado. Trabalhamos muito para conquistar isso, e agora chegou o momento. Fico feliz porque sinto uma boa evolução ao longo do campeonato. Pena que o título ficou impossível, mas estou satisfeito com meu desempenho nas últimas corridas", comenta Thiago.

Renato "Muguinho" Paz, que brigava pelo título da categoria, teve um domingo difícil e viu escapar a chance de ganhar o troféu.  

"Fui confiante para a corrida mas tive alguns problemas na primeira volta da prova, perdi muitas posições, e acabei em sétimo, meu pior resultado da temporada. Infelizmente perdi o título do Brasileiro, mas ainda tem o Arena Cross (a final será dia 5 de dezembro). Vamos em busca deste troféu para fechar a temporada bem", fala Muguinho.

Resultado da quinta etapa do BRMX

MX1
1. Carlos Campano / 3-1 / Yamaha Grupo Geração
2. Jean Ramos / 2-2 / Yamaha Grupo Geração
3. Jetro Salazar / 5-3
4. Carlos Badiali / 6-4 / Yamaha Grupo Geração
5. Adam Chatfield / 4-6

MX2
1. Pepê Bueno / 1-3
2. Fábio Santos / 2-2 / Yamaha Grupo Geração
3. Enzo Lopes / 5-1
4. João Ribeiro / 4-5 / Yamaha Grupo Geração
5. Dudu Lima / 7-4   

Júnior
1. Leonardo Almeida
2. Leonardo Cassarotti
3. Thiago Brenner / Yamaha Grupo Geração
4. Bruno Schmitz
5. Tallys Nathan

Classificação do campeonato após cinco etapas

MX1
1. Carlos Campano - 233 pontos / Yamaha Grupo Geração
2. Jean Ramos - 217 pontos / Yamaha Grupo Geração
3. Paulo Alberto - 181 pontos
4. Jetro Salazar - 167 pontos
5. Balbi Junior - 156 pontos

MX2
1. Hector Assunção - 211 pontos
2. Dudu Lima - 186 pontos
3. João Ribeiro - 169 pontos / Yamaha Grupo Geração
4. Enzo Lopes - 167 pontos
5. Fábio Santos - 165 pontos / Yamaha Grupo Geração

Júnior
1. Leonardo Almeida - 122 pontos
2. Renato "Muguinho" Paz - 93 pontos / Yamaha Grupo Geração
3. Thiago Brenner - 92 pontos / Yamaha Grupo Geração
4. Tallys Nathan - 80 pontos
5. Bruno Schmitz - 69 pontos

Final do campeonato

A rodada final será em Três Rios, Rio de Janeiro, nos dias 21 e 22 de novembro.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

Classificação,

    PILOTO PONTUAÇÃO
    1 Antonio Cairoli 478
    2 Clement Desalle 387
    3 Gautier Paulin 383
    VEJA TABELA COMPLETA

esportes,14 Nov