07/07/2015 - 00h47 - Atualizado em 07/07/2015 - 00h47

Brasileiro de Rally Baja - Ricardo Martins vence entre as motos no Jalapão

O desafio foi o mais longo já disputado em solo nacional pela categoria

Fonte: Mundo Press

Piloto do Team Rinaldi é o mais rápido no Rally Baja Jalapão 500 e assume liderança na classificação geral do campeonato

Ricardo Martins, piloto do Team Rinaldi no Brasileiro de Rally Baja - Crédito: Doni Castilho/DFotos

O catarinense Ricardo Martins foi o grande campeão das motocicletas no 1º Rally Baja Jalapão 500, realizado neste sábado na famosa região do Tocantins. Com o resultado, o piloto do Team Rinaldi assume a liderança da classificação geral e ainda amplia vantagem na classe Production Aberta pelo Campeonato Brasileiro de Rally Baja.

O desafio foi o mais longo já disputado em solo nacional pela categoria, com 433 quilômetros de trechos cronometrados e 193 km de deslocamentos. O roteiro teve largada e chegada em Palmas, capital do Tocantins, passando pelas cidades de Ponte Alta e Novo Acordo. “A prova foi ótima e muito importante. Andei focado, consegui uma pilotagem bem limpa e tranquila e confirmei a vitória. Sem dúvidas foi um final de semana muito bom para a equipe”, contou Ricardo Martins.

Ele ainda destacou a qualidade dos pneus HE 42, da linha off-road da Rinaldi, que passam por duros testes nas provas para garantir a melhor performance aos praticantes de rali. “Os pneus se comportaram muito bem e sempre temos informações valiosas para passar para a fábrica, as quais colaboram para melhorar ainda mais o produto”, explicou.

Ricardo Martins, piloto do Team Rinaldi no Brasileiro de Rally Baja - Crédito: Ney Evangelista/DFotos

Dificuldades no Jalapão – O sábado no Rally Baja Jalapão 500 teve um desfecho diferente para os pilotos Gregório Caselani (classe Super Production) e Moara Sacilotti (Production Aberta). Ambos tiveram problemas elétricos em suas motocicletas, o que atrapalhou os planos dos pilotos.

“Estou bem triste, porque parei logo no quilômetro 20, quando estava em um ótimo ritmo. Foi uma pena, ainda queria ter testado os equipamentos para o Rally dos Sertões”, lamentou o gaúcho Caselani. A paulista Moara Sacilotti também teve o contratempo no início da especial. “Corri a segunda parte da prova, mas não pude somar pontos para o Brasileiro. Fiquei chateada, estava andando bem, mas sem dúvidas faz parte”, concluiu a piloto.

O Rally Baja Jalapão 500 foi válido como sétima e oitava etapas do Brasileiro da modalidade. As próximas disputas da competição estão marcadas para os dias 12 e 13 de setembro, no interior paulista.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

esportes,14 Nov