29/06/2017 - 20h12 - Atualizado em 29/06/2017 - 20h17

Segunda etapa do Gaúcho de Velocross tem grande número de pilotos

Em meio à comemoração de aniversário de Erval Grande, motos roubam a cena e fazem um grande espetáculo.

Silvio Bilhar. Fotos: Anisteu Faggion - Zuun Motorcycles

O aconchegante município de Erval Grande, distante 413 km de Porto Alegre e divisa dos estados do RS e SC recebeu neste final de semana, 24 e 25 de julho a segunda etapa do Gaúcho de Velocross. Ao todo foram 217 pilotos inscritos com mais de 300 inscrições em suas categorias, fazendo com que a maioria dos “Gates” ficasse lotada. Um fato a ser registrado foi de que a etapa teve pilotos gaúchos com o reforço de alguns visitantes ilustres do estado vizinho, principalmente da cidade de Chapecó que ficava apenas a 48 km.

Sanches vence a VX4 e VX5 Importadas
Ainda na sábado, as categorias VX4 e VX5 deram início aos trabalhos com Fernando Sanches largando na ponta e mostrando que não viera apenas para se divertir, com Rodrigo Volcan, Fabiano Ribeiro, Júlio Balzan e Antônio Viana marcando o pelotão geral. Volcan chegou a ocupar a 2ª posição, mas quem avançou foi Júlio Balzan buscando o 2º lugar e não largando mais.

Sanches festejando sua vitória

De Conto e Nety levam as nacionais VX4 e VX5
A VX4 e VX5 Nacional teve Márcio Alarcon largando na ponta com Elder Pirolli e Luciano De Conto em 3º. Com duelos acirrados, Elder aparece na liderança ainda na volta inicial com De Conto em 2º. Posições que mais tarde iriam se inverter, com Luiz Refatti já colando no grupo para brigar nas voltas finais. Márcio era perde o foco e posições. De Conto venceu na geral.

O domingo começou quente com a VX3 Nacional entrando em pista e novamente Márcio Alarcon fez o hole shote seguido de perto por Luiz Refatti e Ademir TemPass. Refatti venceu a etapa com Luciano De Conto que largou em posição intermediária em 2º. Márcio teve problemas mecânicos ficando bem longe do pódio.

Victor e Augusto somam 25 pontos cada em suas categorias na 55cc
Augusto Wenning rasgou a reta de quase 200 metros e chegou na curva um puxando Davi Gauer, Eduardo Braga, Gabriel Freitas e Victor  Weizenmann. Augusto abre grande vantagem e Eduardo e Gabriel trocam de posições em um belo duelo. Augusto venceu na geral, levou 1º na classe B do gaúcho e 1º na Copa Norte. Segue o resultado completo.

Jordan leva a melhor na 230 Pró
A 230 Pró teve Mateus da Costa completando em 1º a volta inicial, mas a fera Jordan Martini vinha em seu encalço com Mauro Brazaca em seguida e Gean Pompeo, todos na mesma tocada. Jordan vai ao ataque não se contenta com a posição e assume a liderança já na 2ª volta. Jordan vence seguido de Mauro, Mateus. Gean erra e fica longe do pelotão principal.

Jordan implacável na 230 Pró

Kauê Benatto foi implacável na 65cc
Na 65cc, dezenove pilotos largaram em grande estilo e o “Filho do Mémi”, Kauê Benatto abriu boa vantagem logo na reta de largada, teve Otávio Savenhago em 2º, Gabriel Bilhar em 3º, Bruno Severo em 4º e Pietro Pirolli em 5º na largada. Kauê logo abre grande vantagem e administra a vitória.

Em duelo acirrado a Intermediária VX2 ficou com Zolet
Matheus Zolet com Luiz Lileski e Jailo Boesing dividem a primeira curva na categoria Intermediária VX2. A volta inicial foi acirrada mas Matheus segurou firme os ataques do adversário. Luis se mantém em 2º e Eros Júnior que largou mal, buscou recuperação chegando em 3º. Jailo perdeu o foco e chegou em 9º.

Sanches vence a 3ª prova. A VX3 importada
Em seguida veio a categoria VX3 Importada com Rodrigo Volcan largando na ponta com Júlio Balzan lado a lado. Mais atrás Fernando Sanches, Claiton Portela e Eduardo Treviso no pelotão principal. Na 3ª volta Fernando ataca e assume a liderança deixando Volcan e Claiton em 2º e 3º lugares consecutivamente. Mas quem buscou recuperação após largar mal foi Fabiano Ribeiro que assumiu na reta final nas voltas finais.

Mateus foi preciso na VX2 vencendo de ponta a ponta
Na VX2, Mateus “Tatu” Basso rasgou a reta na frente seguido de irmão Lucas Basso (Campeão Brasileiro) e Leonardo Lizott. Os três chegaram à curva um, a curva do “Borilli Soft” lado a lado. A volta um foi liderada por Mateus com Lizzot em 2º e Lucas em 3º. Na 3ª volta, Lizott cai, perdendo posições, mas Lucas também erra na mesma curva e com isso Mateus abre boa vantagem. Lizott recupera e chega em 2º, com Henrique Araújo em 3º em grande prova de Recuperação.

Maiara e Janaina reviveram duelos antigos
Maiara Basso faz uma largada espetacular abrindo uma enorme vantagem na volta inicial. Revivendo velhos tempos, dos duelos de tempos atrás, Janaína Todeschini vinha em 2º e mais atrás Maria Eduarda Salomoni com Jordana Zuffo e Gabriela Wendling logo em seguida.
Maiara vence de ponta a ponta na categoria Importada e Janaína na categoria nacional.

Em recuperação Jordan venceu a FL Nacional
Na Força Livre Nacional Alex Júnior Alarcon largou na frente com Dioy da Costa e Mateus Jeske em 3º. Alarcon se mantém na frente no começo de prova, embora Dioy pressionava. Vindo de trás Jordan Martini chega ao pelotão principal, assume a 2ª colocação e mais tarde a liderança para vencer sua 2ª prova na tarde. Alarcon foi 2º e Dioy em 3º.

Arthur  venceu de ponta a ponta a Júnior
Por sua vez a categoria Júnior teve Arthur Barcelos largou na ponta para vencer a etapa de forma invicta. Eduardo Bonamigo largou em 2º e assim ficou até a quadriculada. Otávio Savenhago largou em 3º mas errou acabando longe do pódio. Em 3º chegou João Pedro da Silva, conquistando um pódio importante em sua recente trajetória.

Pavão levou a Nacional Extra
A Nacional Extra também teve a vitória de ponta a ponta de Krigor Pavão seguido de Anderson Graepin que largou mal na 5ª posição, mas buscou recuperação. Roger chegou em 3º ele que foi 3º também na largada, já Leonardo Brusso perdeu posições.

Araújo vence a VX Pró superando campeão brasileiro
A VX1 Pró para motos de até 450 cilindradas largaram em grande estilo com 10 pilotos chegando juntos na curva um. Antônio Brazaca saiu na frente com Mateus Basso e Henrique Araújo disputando a liderança. No complemento da 1ª volta Mateus aparece na frente com Brazaca e Araújo colados. Mais atrás Lucas Basso e Matheus Zolet já chegavam aos líderes e na metade final Marcos Cordeiro, em participação especial também buscou posições. Andando muito Araújo assumiu a liderança na curva um na parte final da prova. Lucas recuperou-se chegando em segundo seguido de seu irmão Matheus.

Henrique Araújo fazendo prova espetacular

Felipe Mello levou a Intermediária 230 Nacional
A Intermediária 230 encerrou as disputas de pista. Prova em que o vencedor Felipe Mello largou em 4º lugar, buscou durante a corrida as posições, Superando com disputas os pilotos Cássio Oliveira que largou em 3º e Guto Campos um pouco mais a frente.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

esportes,22 Nov