29/06/2017 - 15h48 - Atualizado em 29/06/2017 - 15h49

Lightning Motorcycles testará moto elétrica com autonomia de 640 km

Conhecida por buscar os limites das motocicletas elétricas, a Lightning Motorcycles promete testar moto elétrica com 640 km de autonomia

Zuun,motorcycles

Uma das marcas que vem ganhando destaque no mercado das chamadas E-Bikes (motos elétricas), a Lightning Motorcycles, é detentora do recorde de moto elétrica mais rápida em produção no mundo, marca alcançada há quatro anos com a velocidade máxima de 349km/h.

E no ano de 2015 o piloto Terry Hershner marcou 480km de autonomia com a motocicleta Zero S, sendo a atual dona do recorde de distância desse segmento. No entanto, o CEO da Lightning, Richard Hatfield, promete estender a vantagem utilizando um novo protótipo de produção, que promete chegar a marca dos 640 km de autonomia.

Detalhes da nova moto elétrica da Lightning

Segundo a montadora, o novo modelo, que ainda não tem o nome divulgado, deverá ter autonomia suficiente para uma viagem de Los Angeles a São Francisco, sem recarga, o que significa percorrer mais de 640 km com uma só carga nas baterias.

A previsão da marca é que os primeiros testes sejam realizados ainda esse ano, durante o segundo semestre, visando expandir a vantagem no recorde de autonomia da marca, que atualmente é bastante amplo com relação à concorrência.

A bateria do novo protótipo será fornecida pela Battery Innovation Center, uma empresa também norte-americana, que vem testando soluções de baterias com alta autonomia de energia, o que permitirá que os futuros modelos da Lightning tenham autonomia ainda maior no futuro.

Modelos atuais da Lightning Motorcycles

No seu catálogo de motocicletas elétricas atual a marca comercializa a Lightning LS-218, que custa a partir de US$38.888,00. Mas, nesse momento, o enfoque da montadora é oferecer um modelo menor que terá preço abaixo da faixa dos US$20.000,00.

Ainda segundo a Lightning, a estimativa é que os testes do novo protótipo ajudem a viabilizar a presença da marca nesse segmento, que tem tudo para ganhar cada vez mais espaço no mercado.

Um pouco conturbado e com valores proibitivos, as motos elétricas ainda tem os preços caros e a demora na recarga como fatores negativos, mas uma motocicleta com grande autonomia poderá alterar esse cenário.

Comentários,

Comentar matéria

Não houve comentários sobre este assunto.

West Coast - 306x100

notícias,17 Jan